Osório, uma cidade com grande potencial eólico

Osório é um município do litoral médio do Rio Grande do Sul que se caracteriza como ponto de passagem da população gaúcha e dos países vizinhos (Uruguai e Argentina) que se desloca até a costa sul do Brasil. Trata-se também de uma região com extraordinária riqueza natural, caraterizada pela presença de remanescentes da Mata Atlântica e mais de vinte lagoas de água doce, onde é possível apreciar a riqueza da fauna e da flora caraterísticas desta região.

O potencial eólico da região é muito bom, sendo comparável às melhores regiões do país. No caso particular de Osório, observa-se a presença endêmica do vento nordeste (conhecido como nordestão) nas estações de primavera e verão. A geração eólica também se beneficia da passagem das frentes frias no inverno quando o vento que sopra do quadrante sudoeste, popularmente chamado de Minuano, se faz presente.

Além do recurso eólico que se manifesta de forma constante ao longo da maior parte do ano, a cidade de Osório conta com ótima condição logística facilitando o acesso e o transporte dos grandes componentes necessários a construção dos aerogeradores, além de um importante ponto de conexão ao sistema elétrico brasileiro interligado, permitindo escoar uma grande quantidade de energia através da Subestação Osório 2 a qual é operada pela CEEE e integra a rede básica de energia do país, sendo supervisionada pelo Centro de Controle de Operador Nacional do Sistema (ONS) situado em Florianópolis.